Derico

Você está aqui: Início » Catálogo » Biografias de músicos » Derico

Biografia de Derico

Nome: João Frederico Sciotti Data de nascimento: 17 de julho de 1966

Profissional desde os 11 anos, Derico começou seus estudos de flauta aos 5 anos de idade. Desde então, teve a oportunidade de estudar com mestres renomados como João Dias Carrasqueira, Antônio Carlos Carrasqueira, Jean-Noel Saghaard, Lídia Alimonda, Héctor Costita e Amilson Godoy.

De formação erudita, Derico obteve grande repercussão nacional a partir de 1974, quando ganhou vários concursos nacionais e internacionais para jovens instrumentistas, o que possibilitou sua participação em diversos recitais e concertos pelo Brasil. Nesta época, com 14 anos, foi primeiro flautista da Orquestra Jovem Municipal de São Paulo e participou do Festival de Inverno de Campos do Jordão em 1980, onde se apresentou regido pelo maestro Eleazar de Carvalho.

Em 1979, paralelamente à sua carreira erudita, Derico começa a tomar conhecimento de novos estilos musicais como jazz, blues, música instrumental (fusion) e música experimental (dodecafonismo e minimalismo). É neste momento que se abrem suas perspectivas musicais, aprendendo linguagens novas em instrumentos como saxofone, piano, guitarra, contrabaixo, violão e bateria.

Derico torna-se multi-instrumentista e parte para uma carreira mais popular, onde conhece músicos e artistas com quem passa a trabalhar, tais como Dominguinhos, Diana Pequeno, Marlui Miranda, Jean & Paulo Garfunkel, Amelinha, Trovadores Urbanos, Ana de Hollanda, Celso Viáfora, Márcia Salomon, Chico César, Eliete Negreiros, além de participar com o Grupo Ânima de shows com artistas como Hermeto Paschoal, Egberto Gismonti, Itamar Assumpção, Arrigo Barnabé e Grupo Rumo.

Em 1983 funda, juntamente com sua família, a Escola de Música Artlivre, que hoje conta com duas unidades em São Paulo abrigando uma comunidade de 300 alunos e 15 professores, entre crianças, jovens e adultos. Em 1986, como contrabaixista, passa a integrar um grupo de músicos “representantes” de equipamentos da multinacional Roland, uma empresa japonesa de instrumentos e equipamentos musicais de última geração.

Em 1990, Derico é convidado a participar das gravações do programa Jô Soares Onze e Meia do SBT Canal 4 São Paulo, como saxofonista e flautista do Quinteto Onze e Meia. Este trabalho possibilitou a Derico tocar com músicos como Chick Corea, George Benson, Billy Cobham, Ian Anderson, Ray Coniff, Randy Crawford, Roberto Carlos, Gilberto Gil, Raul de Souza, Cláudio Roditi, Pepeu Gomes, Ed Motta, Pedrinho Máttar, Paralamas do Sucesso, e Kid Abelha, entre outros. Porém hoje, além de músico, atua também como “Assessor para Assuntos Aleatórios”, participando e ajudando Jô Soares nas mais diversas e inusitadas situações criadas dentro do programa. Com isso, surgiram possibilidades para que Derico pudesse alavancar sua carreira solo com a gravação de 8 CDs, o primeiro chamado “Quinteto Onze e Meia”, gravado em 1992 e lançado pela CID discos, o segundo chamado “Tribute”, gravado em 1994 e lançado pela Warner Music, o terceiro chamado “Derico e os Antropófagos Anônimos live in Palicari”, gravado ao vivo em 1997 e lançado pela Virgin Records, o quarto chamado “Derico Onze Meses”, direcionado ao público infantil e lançado pela Angels Records em 1999, o quinto “Jô Soares e o Sexteto”, gravado ao vivo e lançado pela Sony Music em 2000, o sexto “Derico & Sérgio – DUO SCIOTTI”, gravado ao vivo e lançado pela Zabumba Records em 2002, o sétimo “Duo Sciotti – Dois por Dois”, gravado em 2004 e lançado pela Zabumba Records e o oitavo “Derico & Sindicato do Jazz”, gravado ao vivo em Bauru e lançado em 2005. Derico já lançou dois livros, o primeiro em 1995 “A Busca Dos Óculos de Graal – A História do Deriquismo e outros Assuntos Aleatórios” e o segundo em 2001 “Bobagens.com”. Derico participou de duas Bienais do livro, em 1996 e em 2002.

Muitas empresas nacionais e multinacionais já associaram seus produtos à imagem de Derico em shows realizados em feiras, convenções e propagandas na mídia impressa e eletrônica, tais como Volkswagen, Gessy-Levers, Colgate, Kibon, Pial-Legrand, FedEx, IBM, Carrefour, Jornal da Tarde, Rede de Supermercados Sé, Nissin-Miojo, Chevrolet, Círculo do Livro, Francal, Coca-Cola, Brahma, Philips, Bacardi, Telebrás, Chevrolet, Petrobrás, Bradesco, Fiat, Avon, Heineken, Tec-Toy, Kaiser, Motorola, Banco Itaú, Câmara Britânica, Cervejaria Cintra, Bridgestone-Firestone, Renault, Olympikus, Novartis, Hering, Yamaha, Caixa Econômica Federal e Antárctica.

Derico atua como solista de orquestra, com a Orquestra de Câmara OPUS de Belo Horizonte, regida pelo Maestro Leonardo Cunha e com a Orquestra Filarmônica Bachiana Jovem de São Paulo, regida pelo Maestro João Carlos Martins.

Hoje Derico é contratado da Rede Globo de Televisão, onde atua junto com O Sexteto no Programa do Jô, é músico exclusivo Yamaha e ministra palestras e “workshops” sobre instrumentos musicais (flauta e saxofone) e a profissionalização e mercado de trabalho para o músico brasileiro.

Álbuns com a participação de Derico

  1. Joaquim Callado 1 (songbook)
  2. Zequinha de Abreu (2ª edição) (songbook)